Culinária nas ruas de Paris

Os posts que fiz de Paris foram super acessados e comentados, recebi vários pedidos de dicas e indicação de hotéis, passeios, etc. Com isso, resolvi fazer mais um post sobre a Cidade Luz.

Hoje trago algumas fotos do que as ruas de Paris oferecem para os amantes de culinária, como é o caso do meu marido.

No nosso último dia em Paris, fomos caminhar pelo bairro Cambrone, onde era localizado nosso hotel. Em nosso passeio, descobrimos vários lugares legais e deliciosos, dêem só uma olhada…

formagerie

Fromagerie = loja especializada em queijos

Paris 03.2013 162

Obviamente que tive que trazer alguns dentro da mala, rs. Comprei os que não precisavam de geladeira. Chegaram muito bons, porém deixaram a mala com um cheirinho desagradável rsrsrsrs…

Paris 03.2013 163

frutaria

Frutaria, com todo tipo de fruta

Paris 03.2013 166

Quando passamos na frente a este açougue meu marido quase teve um troço, rs, ele ama carne, ainda mais diferente, como de pato, ganso, etc.

boulangerie

(infelizmente a foto do local não saiu muito boa)

Descobrimos esta Boulangerie = Padaria, um dia logo cedo que saímos do hotel a procura de algum lugar para tomarmos café da manhã.

Gente do céu, o que são estes quiches, maravilhosos! Super levinhos, fresquinhos e deliciosos! E os pães ???? E os doces ???

Paris 03.2013 189

Paris 03.2013 106

Este post explica os meus quilinhos a mais na volta para o Brasil kkkkkkkkkk

Podem ficar despreocupados, quando forem a Paris não passarão fome, a culinária deles é excelente, e os pães são os melhores que já comi na vida!

Não saiam de Paris sem comer croissant #ficadica

Boa viagem e bom apetite!

beijokas

Maison de la Truffe

Chegar em locais diversos ao nosso cotidiano é um tanto complicado… Ainda mais quando se trata de locais para comer e beber, sem conhecer e ter qualquer indicação.

Mais uma vez, em minha viagem a Paris, tive quem valer de sugestões de amigos sobre restaurantes, já que éramos novatos na região.

Desta vez, para o jantar, nos indicaram um dos tops da cidade luz. La Maison de La truffe… Restaurante contemporâneo localizado na Placa de Madeleine, pertinho da Fauchon.

Esse restaurante merece cinco estrelas. Todos os pratos levam algo trufado. Trufas brancas ou negras…  Em pratos doces ou salgados…. Vai do gosto do cliente… (phyno)

317

Nossas escolhas foram ótimas. Eu escolhi um tagliatelli com trufas negras. Difícil descrever o sabor…

Já meu marido pediu de entrada um foie gras au blinis com salada de folhas verdes, tudo com muita trufa negra.

318

Eu já estava satisfeita com meu macarrão trufado, divino por sinal, mas meu marido não…. Então ele chamou o atendente e pediu mais um prato, trufado óbvio…

Dessa vez foi um filé mignon com polenta trufada, com muita, mas muita trufa negra fatiada em cima (delícia cremosa, hum…)

321

Para fechar pedi um chazinho, pois estava uma noite muito fria.

325

O restaurante fica na Place de Madeleine, e dentro tem uma lojinha de produtos que eles mesmo produzem, todos trufados. Azeite, sal, polenta, risoto, queijos, utensílios e afins. Sem contar com os doces maravilhosos.

Quem for a Paris, vale a pena conhecer este maravilhoso restaurante.

#ficadica

bjokas

site www.maison-de-la-truffe.com

Tome um cafezinho e ganhe um beijo

Domingo a tarde, depois do almoço fui servir um cafezinho para minha cunhada e irmão que foram em casa.

Como vocês já sabem que eu adoro servir bem e diferente, e o que era um simples café expresso, ficou assim… fofo, lindo e gostoso!

586

A louça é da Blue Gardenia, acho que postei aqui quando comprei, acho ela simplesmente linda!

589

O detalhe fica para o açúcar em forma de beijinho, demais!

Comprei no Le Bon Marché uma loja grande em Paris, na parte do mercado  que tem lá dentro, alias, neste mercado tem açúcar de vaaaaaaaaaarias formas, fiquei doidinha lá, queria comprar todos, rsrs, tinha em formato de bolsa, de passarinho, de papai noel, aff, um mais lindo que o outro.

590

Quem for a Paris vale a pena dar um pulo no Le Bon Marché, tem muita coisa para ver e comprar por lá.

Gostaram do meu beijinho

#ficadica

bjokas

le Relias de l’Entrecotê

Paris 03.2013 033

Quando falei para alguns amigos e familiares que iria para Paris, um dos primeiros lugares que me indicaram foi o restaurante le “Relais de l’Entrecôte”. Um restaurante diferenciado, pois só é servido um prato. Sequer existe cardápio, somente carta de bebidas e sobremesas.

O Bistro que fomos fica na Gare Montparnasse, bem pertinho da estação, na própria Blvd. Montparnasse. No entanto, eles tem outros dois endereços em Paris mesmo.

Como era o nosso primeiro dia de viagem e estávamos sem almoço, aproveitamos que estávamos na região e fomos um pouco cedo para o jantar. Primeiro fora. O restaurante estava fechado ainda. Eram 18 horas e ele abria as 19. Aproveitamos para dar uma voltinha pela bela região e admirar a beleza do bairro.

Quando voltamos já tinha uma pequena fila na porta, porém nada que fosse lotar o local. Entramos e fomos direcionados a uma mesinha bem na frente. Todas muito pequenas e sem espaço para mais nada além de uma cestinha de pães e as taças.

A garçonete nos questionou apenas o que iríamos tomar, pois como já disse, não há como escolher pratos. Pedimos um vinho tinto indicado   pela atendente. Lógico que foi o vinho da casa né…

Depois de algum tempo, já com o vinho e uns pãezinhos na mesa, nos trouxeram uma saladinha de entrada. Bem simples por sinal: folhas verdes, fatias de rabanete e nozes. No entanto, apesar de simples, o molhinho de mostarda que a temperava fez a diferença. Bem leve, refrescante e ao fundo um leve ardidinho da Dijon.

Entre o tempo em que a salada e o prato principal foi servido se passaram uns 15 minutinhos. Ai foi servido o famoso entrecote de paris.

Um prato sem muita elaboração. Uma porção generosa das verdadeiras “french fries”, adornando um belo file de entrecote fatiado e regado com o seu secreto molho verde. Parece com um pesto misturado com mostarda e pimenta, mas nada muito exagerado que atrapalhasse no sabor.

pratos

Vale lembrar que o prato não é a la carte. Quando estávamos terminando o jantar, a atendente veio até nossa mesa com uma bandeja questionando se aceitávamos mais carne e mais babata, e lógico que não foi muito difícil de aceitarmos, rs.

Para maiores informações acesse o site Relais de Entrecôte